Escuta (cria)tiva: Propostas para o desenvolvimento da escuta musical na educação básica

Helena Lopes da Silva, Rogério Vasconcelos Barbosa

Resumen


Entre 2015 e 2016 coordenamos uma pesquisa intitulada Escutas mediadas e ampliadas nas aulas de música do Ensino Médio: Diálogos entre Murray Schafer e Luciano Berio, que teve como objetivo a estruturação de abordagens metodológicas para desenvolver e ampliar a escuta musical dos jovens que estão na escola, a partir do diálogo entre as estratégias de escuta propostas por Murray Schafer e a obra de Luciano Berio. Para a construção de uma proposta pedagógico-musical, foram mapeadas as estratégias didáticas para ampliação da escuta propostas por Schafer (2011), bem como, analisadas quatro peças musicais do compositor Luciano Berio, a partir de algumas categorias analítico-musicais. Nossa hipótese foi que a utilização das estratégias didáticas propostas por Schafer para a apreciação ativa do repertório de Berio poderia propiciar o desenvolvimento de uma escuta musical renovada, a qual demandaria dos alunos e do professor um alargamento ou uma quebra de conceitos acerca do que entendiam por «música». Os resultados mostraram que os jovens participantes manifestaram interesse pelo repertório contemporâneo à medida em que foram instrumentalizados pelas atividades de mediação desenvolvidas. A mediação foi realizada por meio de propostas de escuta ativa através da ação criativa sobre os sons que nos rodeiam, bem como sobre o repertório selecionado. A experiência da escuta musical é uma atividade criativa e demanda grande intensidade em seu exercício. É um processo interior de conhecimento e descoberta que deve ser considerado central na formação dos professores de música.


Palabras clave


escuta criativa; formação de professores; jovens; escola

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


Barros, J. M. P. (2013). Mediação, formação, educação: duas aproximações e algumas proposições. Revista Observatório Itaú Cultural, 15, 8-14.

Berio, L. (1968). Sequenza III per voce femminile. London: Universal Edition.

Osmond-Smith, D. (1991). Berio. New York: Oxford University Press.

Berio, L. (2006). Remembering the Future. London: Harvard University Press.

Granja, C. E. S. C. (2010). Musicalizando a escola: música, conhecimento e educação. São Paulo: Editora Escrituras.

Hanslick, E. (1951). De lo bello en la musica. Buenos Aires: Ricordi Americana.

Nattiez, J. J. (2004). Etnomusicologia e significações musicais. PerMusi, 10, 5-30.

Penna, M. (2008). Música(s) e seu ensino. Porto Alegre: Editora Sulina.

Schafer, M. R. (2011). O ouvido pensante. São Paulo: Editora da Unesp.

Shafer, M. R. (2014). Sound around. Reflexão e ação, 22, 11-17.

Silva, H. L. (2015). Mediar escutas musicais no ensino médio: uma proposta metodológica para a aula de música. In: Silva, H. L., & Baêtha, J. A. (Eds.), Música e Educação. (Série Diálogos com o som - Ensaios, v.2) (pp. 141-156). Barbacena: EdUEMG.

Silva, H. L., Barbosa, R., Carneiro, A. N., & Sousa, D. A. (2015). Escutas mediadas e ampliadas nas aulas de música do ensino médio: diálogos entre Murray Schafer e Luciano Berio. Relatório Final PIBIC/UEMG/CNPq, 142 p. Belo Horizonte: Esmu/UEMG.

Zagonel, B. (1997). Um estudo sobre a Sequenza III, de Berio: para uma escuta consciente em sala de aula. Revista da ABEM, 4, 37-51.




DOI: http://dx.doi.org/10.14516/fde.554

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




e-ISSN: 1698-7802

DOI prefix: 10.14516/fde

URL: www.forodeeducacion.com

FahrenHouse: Salamanca, España 

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 3.0 España.